Na hora de escolher carreira, siga a sua vocação

destaque-368143-carteira-de-trabalhoA formação humanística dos estudantes nunca foi tão necessária para o ensino superior como nos dias atuais. Mesmo em cursos considerados mais técnicos e de Exatas, a informação e o conhecimento teórico são primordiais. É o que diz o professor Ranieri Mousinho, coordenador pedagógico do colégio Ideal. Segundo o professor, atualmente os novos universitários estão muito jovens, com 15 ou 16 anos. E muitas vezes, escolhem cursos foram do seu perfil, apenas pensando nas questões salariais ou no mercado de trabalho.

Conheça mais vinte cursos universitários no Pará

Mas este aluno pode acabar se arrependendo, pois a vocação é tão importante quanto o status. “Há uma certa carência nos cursos de licenciatura”, avalia. “É preciso que haja mudança nos conceitos de formação de professores”. Mesmo com muitas vagas, muitos desistem no sonho de seguir a carreira da Educação por causa dos salários. “É preciso que haja uma mudança de postura na sociedade, para abarcar essas formações”, ressalta.

NOBRES

Para ele, todas as profissões são nobres e imprescindíveis para a manutenção do projeto de vida das pessoas. “Faça sua profissão bem feita, seja responsável e competente e tudo dará certo”, orienta o professor. Para quem ainda está com dúvidas sobre qual profissão escolher, o DIÁRIO lança nesta terça-feira (17), o 3º fascículo do Guia Profissões, com todas as informações de 20 cursos do Pará. A publicação tem o patrocínio da Faculdade Carajás, RR Chevrolet e Hapvida.

(Michelle Daniel/Diário do Pará)

Comentar

Seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*