Comunidade quilombola celebra a Festividade de São Benedito em Viseu

Iniciou na quarta-feira (20) a Festividade de São Benedito da comunidade quilombola de João Grande, no município de Viseu, nordeste do Pará. A escolha e o levantamento do mastro na vila, uma tradição secular, marcaram o início dos festejos que vão até o dia 27 e atraem centenas de visitantes.

Na abertura do evento houve roda de tambor. Os moradores relatam que antes a festa durava sete dias só no tambor, mas agora outros ritmos fazem parte como as aparelhagens. Outra característica da festividade é que os anfitriões oferecem comida de graça para todos.

A Imagem de São Benedito é guardada pela moradora Creuza e recebe a visita dos devotos durante a festividade. (Foto: Thais Rezende/ G1)A Imagem de São Benedito é guardada pela moradora Creuza e recebe a visita dos devotos durante a festividade. (Foto: Thais Rezende/ G1)

A Imagem de São Benedito é guardada pela moradora Creuza e recebe a visita dos devotos durante a festividade. (Foto: Thais Rezende/ G1)

A tradição secular de tocar tambor para São Benedito levou a comunidade João Grande, em Viseu, no nordeste do Pará, a conquistar a certificação de “Comunidade Quilombola”, reconhecida oficialmente pela Fundação Palmares, entidade vinculada ao Ministério da Cultura (Minc) no último mês de abril.

A comunidade fica localizada a 6 km de Viseu e nela vivem cerca de 60 famílias, que realizam a tradicional atividade religiosa entre os dias 20 a 27 de dezembro em homenagem a São Benedito das Flores, santo padroeiro do lugar e dos negros que fugiram do Maranhão e encontraram no Pará o seu lar.

G1 PARÁ

Comentar

Seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*